novembro 18, 2009

Ousado x Irresponsável







A diferença entre ser OUSADO e ser IRRESPONSÁVEL é uma só: Quando Deus confirma ou não. Se Ele confirmou, FAÇA! Se Ele não confirmou, Não INSISTA EM FAZER!




Rev. Rodolfo é o pároco da Igreja Episcopal Carismática do Brasil, Paróquia do Semeador em Petrolina-PE. [http://rodolfolopescarneiro.blogspot.com/]

novembro 06, 2009

Nunca abandone sua fé


Esse cartaz é de um lance que eu tô curtindo de verdade. Vale a pena conferir: http://www.solomon1.com, http://sexxxchurch.com/ ,
http://www.vineyardsaopaulo.com/ .

Mudando de assunto...



Esse texto eu recebi de uma pessoa que eu admiro pra caramba: Pr. Bené. Quem quiser trocar uma idéia com ele, crique aqui e chegue ao seu Orkut.





Nunca abandone sua fé.





Segundo a Bíblia, a fé é a certeza das coisas que se esperam, a convicção de fatos que não se vêem (Hebreus 11:1). Abraão é chamado de Pai da fé, pois creu na natureza e no caráter de Deus. Em Hebreus 11:19, vemos que Abraão "considerou", ou seja: utilizou seu raciocínio, sua razão, tendo como base aquilo que ele já conhecia de Deus (Abraão era chamado de "amigo" de Deus) e concluiu que Deus era digno de confiança. Ele tinha um relacionamento com Deus. Ele conhecia as obras do Deus altíssimo, conhecia seu poder! Seu próprio filho, Isaque, era fruto de uma promessa que Deus havia cumprido em sua vida. Isaque foi concebido de um pai impotente e de uma mãe idosa.

A fé não é um salto no escuro, no desconhecido, no inimaginável. A fé é uma confiança inabalável no caráter de Deus. Observe o texto de Hebreus 10:23; você vai perceber que a razão para guardarmos a confissão da esperança é o caráter fiel de Deus. Para ter fé, precisamos ter, pelo menos, ouvido algo sobre Deus que nos ajude a ter confiança nele (Romanos 10:14). A fé vem pelo ouvir, e ouvir a palavra de Deus. Assim, podemos ter certeza de coisas que não vemos, e orar com convicção por coisas que esperamos - porque Deus é quem ele diz que é- bom, amoroso, justo, fiel, poderoso,etc...

Ter fé sem um objeto concreto é loucura! Deus não pede isto de nós. Ter fé, sem jamais ter conhecido algo sobre Deus também é insensatez. Como confiar em alguém assim? Ninguém tem uma vida mental sadia se apenas possui fé na fé, e não tem relacionamento com o Deus da fé.

Agora preste atenção: Deus é amor. É assim que ele se define. Ele é amor que nós alcançamos pela fé. É quando ouvimos sobre Ele, vemos suas obras, lemos sua palavra, contemplamos a imensidão do mar, das obras de suas mãos, os céus que proclamam sua glória (Salmo 19), que vemos a sua fidelidade, quando vemos a Cristo dando a vida por nós, que cremos, vamos ganhando fé, mas a fé sempre nos leva ao amor - ela não é estática! A fé nos leva a um relacionamento de amor com Deus e uns com os outros, este é o propósito da nossa existência. A fé atua pelo amor (Gálatas 5:6).

Paulo nos diz que o amor é maior do que a fé (I Coríntios 13:13). Nada mais lindo, nada mais interdisciplinar, nada mais holístico! Não há como o amor funcionar sem a fé. A fé, a esperança, o amor, estas três coisas distintas operam em conjunto, não separadamente.

Jamais abandone a sua fé.

Crendo no Deus que tudo pode, amando a todos vocês.
Pr.Bené


até...
Deus abençoe

ouvindo o disco novo do Pearl Jam sem parar!



outubro 08, 2009

Qualidade de tempo com os filhos.

Senhores, como vão?
Eu sei, eu sei, estou meio sumido mas o fato é que: minha filha nasceu! yuhuuuu... que coisa boa. tudo ocorreu bem, Luluca está ótima e Sofia, minha filha, também.
Já sei que Deus começou a me ensinar coisas novas, afinal, eu não sou mais a mesma pessoa, agora eu sou pai.
Bom, eu sigo no Twitter um cara chamado Juliano Son, do ministério Livres Para Adorar, e ele postou um negócio que eu achei massa: "Pais, aprendi com meus filhos que, qualidade de tempo é igual a quantidade de tempo. Pense nisso."
Pois é... Deus já começou a fazer das dEle... ainda bem!
um abraço, Deus abenço..
até..

setembro 25, 2009

Particular.


Então, quer dizer que Deus se importa com cada pessoa? Assim... no particular? Quer dizer que enquanto nós muitas vezes nos preocupamos com as multidões, Deus gosta de saber o que a pessoa comeu no almoço, ou qual a preocupação dela em relação a um determinado assunto que pode, e provavelmente, deve ser irrelevante?
hum...
interessante!
até..

agosto 15, 2009

Era Inveja (Maitê Proença)



A muito que eu li esse texto. É sobre futebol, e quem escreveu foi Maitê Proença. Sim, ela mesmo, a da novela.

"Era Inveja

No Brasil três coisas são indiscutivelmente democráticas. A praia, que debaixo de um sol junta madame e funkeira trajadas no mesmo uniforme. O futebol, que une o ladrão e o padre numa imensa fraternidade. E o trânsito, que bota o Zé do Chevete e João do Jaguar lado a lado, paralisados pela mesma encrenca. Das três brasilidades, o futebol é o que mais me intriga.

Tenho um namorado que ama a bola. É uma pessoa cheia de virtudes, mas se há uma constância em seu caráter, esta é a impontualidade. Não consegue chegar na hora, o mundo o atrapalha, a menos é claro no caso do futebol. Não falo aqui daquele jogo no estádio com hora oficial pra começar, refiro-me à pelada, ao racha, aquele bate-bola entre amigos, que no caso aqui de casa acontece três vezes por semana. O campo é longe, uma viagem, o sol a pino - não importa. Dia do compromisso logo cedo o moço fica ansioso, não pode atrasar e não há imprevisto que o segure. Nesses dias meu amor é um britânico!

Sábado desses resolvi acompanhá-lo. Os companheiros de partida não gostaram nadinha, mas gentis, fizeram que sim. Aquilo não é lugar de mulher eu já devia saber. Pra compensar o mal-estar, começa o jogo e eu bato muita palma, exagero o entusiasmo, assovio e tanto faço que o dono do campo a quem eu bajulava escancaradamente sentiu-se na obrigação de me dedicar um gol. Segue o embate com altos e baixos, a coisa aquece e pimba... um golaço, aquele chutão do meio do campo pra dentro da rede à Roberto Carlos.

As más línguas desmerecendo o artilheiro, dizem que o momento é histórico e não se repetirá - não acredito, foi jogada de mestre; vi e guardarei na memória. Continua a partida com bons momentos, outros nem tanto, uma contusão aqui, uma falta ali, um corpo caído no chão. De repente me bate uma estranheza e vou percebendo que acima da bola, das jogadas, do corre pra lá e pra cá, o que mais se via, na verdade, eram discussões, ofensas, xingamentos e uma roubalheira de fazer corar um palmito. A coisa chegou num ponto em que tive a certeza que terminado aquilo os adversários não voltariam a se falar. Acaba o jogo. Entre vitórias e desilusões, corre-se pro vestiário e devo dizer que nem na feira fala-se tão alto e ao mesmo tempo quanto num banheiro cheio de homens; eu não estava dentro, mas nem precisava... Fiquei quietinha do lado de fora esperando meu namorado, que, pela delonga, tomava um banho de Cleópatra. Assim, pude observar bem os outros rapazes que sorridentes e limpinhos iam saindo do vestiário qual amigos de infância. Aqueles mesmos que há pouco se juravam de morte agora pavoneavam-se uns pros outros aos tapinhas nas costas. Havia ali cantores, compositores, um sapateiro, o editor de um jornal, um empresário da música, atores, um jogador aposentado, dois médicos, e alguns moços das redondezas empobrecidas cuja competência em campo desequilibrara o jogo - tudo adversário de sangue na hora da bola e amigo do peito na saída pro chopp. Na pelada não há rancores, o que se passa em campo fica no campo. Nem pudores, ali são todos craques - o vírus da imodéstia ataca democraticamente. Uma beleza!

Fui-me embora com um vazio a futucar o espírito. O que nós mulheres temos de parecido, o shopping, o salão? Nem chegam perto. Não pode xingar, espernear, soltar os sapos da garganta - além do que, num e noutro, o máximo de exercício que se faz é com a língua na futrica da vida alheia - muito chato. Não havia como negar, o brinquedo dos rapazes é divertido como só, e meu vazio era de inveja.

Nós mulheres não temos nada que se compare."

Esse texto foi publicado em uma edição da revista Época em 2005, e eu também acabei de achar no site da autora.

Muito legal...

Deus abençoe,

até!

agosto 07, 2009

Reflexões da madrugada.

http://paixaoradical.zip.net/

Estava orando e pensando sobre as coisas de Deus, e realizei que, tudo o que Deus faz ou não faz em nossa vida, nada mais é do que tentar chamar a nossa atenção para elevarmos nosso grau de intimidade com Ele.

É como se todos os atos de Deus fossem guiados com esse fim. Ele deve pensar assim: se eu fizer isso, meu filho vai aumentar sua intimidade comigo? Se sim, eu faço se não, o que faço para ele se relacionar comigo mais intensamente. Entende?

[Longe de mim querer dizer o que se passa na cabeça de Deus, eu só tentei ilustrar o que estou tentando dizer.]

É incrível como as vezes queremos salvar o mundo (...ahh... EU...) e nos esquecemos de que em primeiro lugar, devemos nos salvar (pelamordeDeus, não estou falando em auto savação, mas sim, em aLto salvação).

Vou tentar novamente: É incrível como as vezes queremos levar o mundo a ter um relacionamento com Deus e nos esquecemos de que em primeiro lugar, devemos ter esse relacionamento.

think about it...

Deus abençoe

até

agosto 05, 2009

Wherever you are.



Não consigo parar de ouvir...
Recomendo!
até...

agosto 02, 2009

Uma história sobre o verdadeiro sentido do amor de Deus.



Acabei de ler Por que você não quer mais ir à igreja? uma super recomendação de ivanildo que não pude deixar de obedecer.
A minha primeira impressão, pelo título, é que seria um livro de quem está revoltado com a igreja, mas devo dizer que o assunto que é tratado tem mais a ver com o seu sub-título: uma história sobre o verdadeiro sentido do amor de Deus. Pois é, é disso que o livro fala. Não vou escreve muito já que existe uma tonelada de análises e blogs por ai fazendo isso, vou só dizer que li e recomendo, e copiando as palavras de ivan digo também que ssse livro tinha que ser de leitura obrigatória...
até..

junho 24, 2009

Mas alugá-la, sim!


Recebi esse e-mail...

hehehehehehe....
*(não sei quem são essas pessoas na foto, digitei mulher interesseira no Google imagens e foi isso que deu)


Uma moça escreveu um email para uma revista financeira pedindo dicas sobre "como arrumar um marido rico".Contudo, mais inacreditável que o "pedido" da moça, foi a disposição de um rapaz que, muito inspirado, respondeu à mensagem, de forma muito bem fundamentada.Segue:


Mensagem/email da MOÇA:

"Sou uma garota linda (maravilhosamente linda) de 25 anos. Sou bem articulada e tenho classe. Estou querendo me casar com alguém que ganhe no mínimo meio milhão de dólares por ano. Tem algum homem que ganhe 500 mil ou mais neste site? Ou alguma mulher casada com alguém que ganhe isso e que possa me dar algumas dicas? Já namorei homens que ganham por volta de 200 a 250 mil, mas não consigo passar disso. E 250 mil por ano não vão me fazer morar em Central Park West. Conheço uma mulher (da minha aula de ioga) que casou com um banqueiro e vive em Tribeca! E ela não é tão bonita quanto eu, nem é inteligente. Então, o que ela fez que eu não fiz? Qual a estratégia correta? Como eu chego ao nível dela?" (Rafaela S.)


Mensagem/resposta do (inspiradíssimo) RAPAZ:

"Li sua consulta com grande interesse, pensei cuidadosamente no seu caso e fiz uma análise da situação. Primeiramente, eu ganho mais de 500 mil por ano. Portanto, não estou tomando o seu tempo a toa... Isto posto, considero os fatos da seguinte forma: Visto da perspectiva de um homem como eu (que tenho os requisitos que você procura), o que você oferece é simplesmente um péssimo negócio. Eis o porquê: deixando as firulas de lado, o que você sugere é uma negociação simples. Você entra com sua beleza física e eu entro com o dinheiro. Proposta clara, sem entrelinhas. Mas tem um problema. Com toda certeza, com o tempo a sua beleza vai diminuir e um dia acabar, ao contrário do meu dinheiro que, com o tempo, continuará aumentando.Assim, em termos econômicos, você é um ativo sofrendo depreciação e eu sou um ativo rendendo dividendos. E você não somente sofre depreciação, mas sofre uma depreciação progressiva, ou seja, sempre aumenta! Explicando, você tem 25 anos hoje e deve continuar linda pelos próximos 5 ou 10 anos, mas sempre um pouco menos a cada ano. E no futuro, quando você se comparar com uma foto de hoje, verá que virou um caco.Isto é, hoje você está em 'alta', na época ideal de ser vendida, mas não de ser comprada. Usando o linguajar de Wall Street , quem a tiver hoje deve mantê-la como 'trading position' (posição para comercializar) e não como 'buy and hold' (compre e retenha), que é para o quê você se oferece... Portanto, ainda em termos comerciais, casar (que é um 'buy and hold') com você não é um bom negócio a médio/longo prazo! Mas alugá-la, sim! Assim, em termos sociais, um negócio razoável a se cogitar é namorar. Cogitar... Mas, já cogitando, e para certificar-me do quão 'articulada, com classe e maravilhosamente linda' seja você, eu, na condição de provável futuro locatário dessa 'máquina', quero tão somente o que é de praxe: fazer um 'test drive' antes de fechar o negócio... podemos marcar?"
até...

Only love can leave such a mark...




O ano era 1996. No Code (4º disco do Pearl Jam) tinha acabado de ser lançado, e eu, fui dar uma de fan e inventei de comprar o disco o mais rápido possível. Liguei pra Vinil ('centenária' loja de cds em Recife) e perguntei se eles já tinham o cd. Sim, mas só importado. O nacional ainda nem tinha sido lançado. Sem pensar, fui lá e comprei a bolachinha. Até ai tudo certo, curti o som, até hoje gosto muito desse cd, o fato é que, desde então ainda não achei um No Code mais caro do que esse que eu comprei. Lição: não tem pressa pra comprar.
Por que estou contando isso? Porque só ontem eu comprei o No L ine On The Hor i zon - U2.
Ainda não ouvi inteiro, mas, pelo que eu ouvi, é mais um disco ininjuável. Como de praxe!
E tem mais, comprei uma versão que saiu antes... esses cds em edição limitada. Ótimo!
Eu ainda gosto de comprar cds. Não entendo direito esse negócio de baixar as músicas, pra mim a experiência completa tem a ver com a obra inteira, com o encarte, as fotos, as letras, os créditos, essas coisas. Só as músicas não são suficientes pra mim.
Para saber mais novidades sobre o u2 recomendo o brog de Roberta.
Até...
Deus abençoe!

junho 03, 2009

Brasil, 2014 - World Cup


Sobre as cidades escolhidas para serem sedes e sub-sedes da Copa do Mundo em 2014 aqui no Brasil, o melhor comentário foi do Paulo Calçade no programa Linha de Passe da ESPN na última segunda-feira, dia 01 de junho. Um telespectador escreveu perguntando o que eles tinham achado das escolhas e etc, e o jornalista respondeu:

"-dizem que foi uma escolha técnica, mas sabemos que foi uma escolha tática."


Sensacional... hehehehee...


Até...

maio 28, 2009

O mundo de Sofia


Esses dias eu tive várias idéias sobre coisas pra escrever, e em breve as farei, entretanto, first things first: essa é minha filha Sofia.
Ainda estou abestalhado...
Deus é maravilhoso!
até..

maio 18, 2009

Um bando de músicos legais! (na minha opinião)

Resolvi eleger os músicos que eu acho mais legais... eu sei, eu sei que existem outros mais renomados, com mais técnica, e etc, etc, etc... mas essa é minha lista e eu coloco quem eu quiser. Eu dividi em cantores, guitarristas, baixistas e bateristas. Simples assim.
Vamos lá..
Steve Harris. Dono do Iron Maiden. Eu nunca fui muito ligado ao metal, todavia, quando por causa da vinda o Iron a Recife, eu fiquei um pouco mais interessado e, ouvi e vi, que sem dúvida, pelo conjunto da obra, Steve Harris é um dos principais ícones do baixo no mundo.

Sonny Sandoval.
Cantor da banda P.O.D. Tive a grata oportunidade de vê-los em 2001 em Toronto, e desde lá, os acompanho e me impressiona o quanto ele é carismático.

Robert Trujillo. Se você pensa que o Metallica achou um cabeludo na rua e deu um baixo, você está enganado. Não vou falar muito, apenas escute uma banda chamada Infectious Grooves.
Matt Cameron. Baterista do Pearl Jam. Um monstro.


Mac Powell. Cantor do Third Day. Ele canta muito. Sem contar que é um excelente letrista.


Lúcio Maia. Guitarrista da Nação Zumbi. Muito criativo, técnico, carismático, etc, etc, etc.


Patrick Laplan. Fundador dos Los Hermanos, tocou no Rodox, Biquine Cavadão, etc, etc, etc. Tem um projeto chamado Eskimo. É maravilhoso. Baixista competente, criativo e técnico.


Vinícius Frota, cantor do Terceira Edição.
Hã?
É isso mesmo, 3E, banda de Recife com 2 cds, e acho bom prestar atenção, por que os caras são bons.
John Frusciante. Red Hot Chili Peppers. Eu prefiro guitarristas criativos a guitarristas com 50 mil horas de estudo que sempre solam com o dedo mindinho, sabe? Esse cara é um monstro.

Jean Dolabella. Baterista do Sepultura. Só ouvindo pra saber.

Jack White. Guitarrista do White Stripes. Eu nem gosto do W.S. mas o som que ele tira da guitarra é sensacional.
Jack Irons. Já foi dono das baquetas do Red Hot Chili Peppers e Pearl Jam. Extremamente criativo e técnico.

Dc Talk. Pois é, esses 3 cabas cantam muito, tem uma técnica e um entrosamento absurdos. Sensacional.

Eddie Vedder.
Esse é fácil. Cantor da melhor banda de rock desde a fundação do mundo: Pearl Jam.

É isso amiguinhos, esta foi minha super listas de músicos que eu acho bacana. Vale a pena dar uma chance e ouvir esses sons. Se você concorda ou não, acha que faltou alguém ou tem gente demais, problema seu, mesmo assim, opiniões serão bem vindas.
Deus abençoe, até...

maio 14, 2009

Voltemos ao Evangelho!


Achei esse blog com uma tonelada de vídeos, entre outras coisas... vale a pena!
até...

maio 12, 2009

#1 CHRISTIAN PORN SITE


Mermão, vi esse movimento e achei sensacional!

crique aqui e saiba mais...

maio 10, 2009

Uma carta para Deus.


Uma grande amiga enviou a nós, Luluca e eu, uma carta que ela escreveu a Deus. Pois é!

Logo que a li, lembrei-me de uma parábola, então, troquei o nome dos envolvidos e dos lugares, e estou postando aqui... não vou falar muita coisa. 'Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!'

Senhor,
Acho que não sei orar, é mais fácil pra eu escrever. Lembro quando era menor e tinha um diário onde eu escrevia para Ti. Era muito bom. Aí veio aquela pastora, ela disse que o diabo poderia ler o que eu escrevia e mandou-me parar. Que besteira. Quer dizer que escrever em um papel pode fazer com que o diabo saiba meus pontos fracos? Até parece que ele já não tem um manual de todos eles encadernado e com uma etiqueta bem bonita com o meu nome da frente... Acho que nunca mais eu consegui me comunicar muito bem com Você depois disso. Ainda mais depois da separação. Como me relacionar com um “pai” se eu não sabia mais o conceito de ter um. Minha família matriarcal também nunca colaborou muito pra isso. Os pais sempre tiveram um papel secundário na minha casa. Aí esse conceito de Deus = Pai é muito vago pra mim. Talvez se fosse Deus=Bisavó eu daria mais valor a relação.
De qualquer maneira, acho que está na hora de falar né? Eu não consigo, a verdade nua e crua é essa. EU NÃO CONSIGO. Pensei que o problema era estrutura familiar, que vir morar em Terezina ajudaria nisso. Morar com a titia, ela e o titio. Os dois crentes. Isso talvez desse um jeito em mim. E até deu... por um tempo...Pensei que me isolar funcionaria. Longe dos meus amigos... da minha vida desregrada em Fortaleza.. do João... estar longe de tudo me faria ser uma pessoa normal. Calma, cristã, que tem possibilidade de casar, ter filhos , e ter uma vida feliz.
Aí eu to morando sozinha, com 27 anos, “independente”. Livre pra fazer todo tipo de merda possível e imaginável. Está é pior. Tudo pior. O que está acontecendo comigo? Eu to me desesperando, o tempo ta passando e eu to cada vez mais me envergonhando e envergonhando a Ti. Amanda, a solteirona que tem que ter uma visão feminista da vida. Ter um “ficante” aqui , outro ali. Que dá pra quem bem entende, não dá satisfações a ninguém e não tem ninguém que cuide dela, ela que se cuide... essa parece ser a única alternativa pra mim.... viver assim... como eu queria que isso não fosse verdade.
O fato é: Preciso de ajuda. Tenho vergonha de ficar nesse vai e volta. Tenho vergonha de errar, pedir perdão, errar novamente. ISSO É RIDÍCULO. Eu deixo quem quiser , e tiver um pouco de boa vontade, me usar da maneira que bem entender. Eu me deixo embriagar até perder a noção de tudo. Eu como até passar mal e vomitar tudo. Eu falo palavrão. Eu minto. É tão difícil... eu não mereço ser Sua filha.
Outra coisa, eu só me deprecio, a visão que eu tenho de mim mesma é ridícula. Como eu posso me achar tão pouco? O que fazer pra mudar isso?
Eu tenho mesmo que fazer as pazes com o papai pra me sentir melhor? E como seria com a mamãe? Não seria uma traição a ela? Ela sempre esteve do meu lado enquanto ele foi viver La vida louca. Não é justo ficar de bem com ele e magoá-la. Essa conversa do filho pródigo. Sempre achei uma sacanagem o que fizeram com o irmão que ficou ao lado do pai. O bonitão sai, gasta o dinheiro todo na putaria, e quando volta, fazem uma festa pra ele??? Isso é uma sacanagem com o irmão que ficou. Mas também, o que seria de mim se não fosse Deus fazendo festa pra mim sempre que eu volto pra Ele? O que seria de mim se não fosse a misericórdia de Deus que se renova a cada manhã? Eu não mereço nem um terço do que Você faz por mim. A proteção que Você lança sobre mim é tremenda e eu simplesmente desperdiço isso.
Preciso de ajuda, sozinha eu não consigo. Simplesmente não consigo. É besteira em cima de besteira. Quando eu acho que não há nada pior que eu possa fazer, eu vou, e pioro a situação. O fundo do poço parece nunca chegar, sempre eu consigo ir mais fundo.
Eu não mereço a vida que gostaria de ter. Não mereço um bom marido e filhos. Gostaria de merecer. Mas não é como se eu quisesse mudar só por causa disso. Cansei de me envergonhar e envergonhar a Ti. Há ainda esperança para mim?

Lucas 18, 10-14
Dois homens subiram ao templo, para orar; um, fariseu, e o outro, publicano.
O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: O Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano.
Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo.
O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: O Deus, tem misericórdia de mim, pecador!
Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado.

é isso.. até!

maio 08, 2009

White Metal




Andreas Kisser, integrante do Sepultura, em sua coluna no yahoo! fala sobre o White Metal. Vale a pena sar uma sacada.
até...


abril 30, 2009

Quem tem medo de cagar, não come.


Quem tem medo de cagar, não come.
Quando um não quer, dois não brigam.

Macaco velho não põe a mão em cumbuca.

Gato escaldado tem medo de água.

Quem tem boca, vai a Roma.
Sabe esses ditados populares? Pois é, eu gosto muito deles. Geralmente são verdadeiros.
Semana passada eu vi uma, que é típica frase de caminhão, mas gostei muito, dizia assim:

O que se leva da vida é a vida que se leva.
Então, comecei a pensar em que vida eu vou levar. Ou melhor, qual vida eu quero levar.
E realizei que a melhor vida que se tem a se levar, é a vida para qual nós fomos criados.
Será que nós fomos criados para viver por nossos times de futebol? Ou para o nosso trabalho? Nossa carreira? Ou para o nosso ministério na igreja?
Todas essas coisas são boas, e não acho que nada disso é errado. Acho que muitas vezes nós a colocamos no lugar de outras coisas, ou melhor, no lugar da única coisa que importa, a razão pela qual Deus nos criou.
Deus nos criou para termos um relacionamento com Ele. Simples assim!
Qual vida eu quero levar? Eu quero levar uma vida onde o meu relacionamento com Deus guie todos os meus movimentos, as minhas decisões. Eu quero que minha agenda seja a do Céu.
Think about it...
até...
Ouvindo P.O.D.

abril 08, 2009

Salmos 121

1
¶ [cântico dos degraus] Levantarei os meus olhos para os montes, de onde vem o meu socorro.
2
O meu socorro vem do SENHOR que fez o céu e a terra.
3
Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não tosquenejará.
4
Eis que não tosquenejará nem dormirá o guarda de Israel.
5
O SENHOR é quem te guarda; o SENHOR é a tua sombra à tua direita.
6
O sol não te molestará de dia nem a lua de noite.
7
O SENHOR te guardará de todo o mal; guardará a tua alma.
8
O SENHOR guardará a tua entrada e a tua saída, desde agora e para sempre.

ouvindo 100portraits

até...

março 24, 2009

Convertido? Sei lá!

Estava eu na aula, quando um amigo me liga, e eis que se passa o seguinte diálogo:
-Fala, alma de gato, me tirasse da aula. Deve ser alguma bestera, tu só me liga pra falar porcaria.
-Não bicho, agora é sério... eu tava xeretando teu orkut e vi que tu é amigo de Clóverson, de onde tu conhece ele?
-Da igreja.
-Da igreja? Eu conheço ele, estudamos juntos no Colégio Ensino Bacana, mas na época ele não era crente não... Pelo contrário... Ele é crente agora, é?
Bom, respondi que não queria fazer nenhum julgamento, e que ele era gente boa.
A partir daí, começei a pensar, novamente, sobre em que se baseia os nossos julgamentos, e a falsa aparência dos crentes que a igreja quer mostrar ao mundo. Cada vez que eu penso nisso, mais me conveço que o que Jesus queria tem muito pouco a ver com o que produzimos hoje.
Se ser crente é frequentar a mesma igreja que eu, então sim, Clóverson é crente. Se ser crente é não beber, não fumar, não falar palavrão, ou qualquer dessas coisas que as pessoas esperam de um crente, então eu não sei, pois só conheço o dito cujo de: -Fala véi... beleza?
Sempre que eu leio a Bíblia e vejo como Jesus fazia... hum... E se alguém ouvir as minhas palavras, e não crer, eu não o julgo; porque eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo.
É simples, é muito complicado saber se uma pessoa é convertida, ou não. Não tem como ninguém saber como é o relacionamento de outra pessoa com Deus. Dá até pra ver os frutos que a pessoa dá, mas não dá pra saber o quão profunda a raiz está plantada.
Não sei se Clóverson é crente. Não sei se meu pastor é crente. Não sei se o Papa é crente. Sei que o meu relacionamento com Deus determinará o quão excelente minha vida é/será.

Os nomes da pessoa envolvida e do colégio em questão foram alterados.
Quer saber o que é conversão, crique aqui.
Quer xeretar meu orkut também? Crique em sou curioso e quero xeretar o orkut de aldenio.

É isso...
até.

março 12, 2009

E isso eu sei.




As vezes eu penso de como seria a minha vida se não fosse como ela é, e certamente, eu mudaria algumas coisas, outras coisas eu melhoraria, e outras eu simplesmente deixaria como estão.
Eu sou o que sou, e serei o que serei, graças a Luluca.
Simples assim.
Eu sei, eu sei que Deus é quem quer que eu seja melhor e etc. E sei tambem que God, He moves in mysterious ways, logo, Ele sabia que não haveria melhor maneira de cuidar de mim sem ser ao lado dela, logo, ela é um presente, um presente de Deus.
Queria dizer que a super-grande-maioria de conhecimento que tenho sobre amor, tem se materializado na pessoa de minha esposa. Eu a amo, e isso eu sei!
As vezes eu penso de como seria a minha vida se não fosse como ela é, e certamente, eu mudaria algumas coisas, outras coisas eu melhoraria, e outras eu simplesmente deixaria como estão. Luluca eu deixaria exatamente como ela é.

março 02, 2009

Entrevista com Luluca!

Entrevista com a estilista da semana do site Leia Moda, Luluca Valadares!
Crique aqui....

Vixe como eu estou metido!
Deus abençoe
até...

fevereiro 26, 2009

Meu rebento está a caminho!

Faz umas 2 semanas que eu tento escrever algo poético, algo marcante, bonito, emocionante para esse post mas, ainda estou atordoado, dormente, embasbacado, abestalhado, besta, bobão, babão, e sem pensar direito... pois é: Luluca está grávida! Serei papai!
Só consigo pensar em uma coisa: yuhuuuuuuuuuu!
Ah.. então deixa eu falar do meu filho(a): Se eu pudesse olhar dentro do útero, notaria que meu filho já tem braços e pernas. Também é possível perceber detalhes sutis na estrutura das mãos e dos pés – eles possuem pequenas fendas que vão dar origem aos dedos. O intestino, o pâncreas e o apêndice já se formaram. E os ouvidos estão se desenvolvendo, assim como os dois hemisférios cerebrais. E quer saber mais? O coração dele já bateu por volta de 2.445.520 vezes...
E tem mais: Eis que os filhos são herança do SENHOR, e o fruto do ventre o seu galardão. (Salmos 127, 3)
Até...
Deus nos abençoe!

fevereiro 05, 2009

God Is Smiling

Delirious? - God Is Smiling


Open up the gates of love
Turn the tide and stop the flood
You've got my heart now, got my soul.
Who is my neighbour, wheres the love?
That speaks for those our world has lost
It's every heart now, it's every soul
We are one, when our beating [bleeding] hearts belong
And our love can be the revolution
That sees your kingdom come
God is smiling over us tonight
God is smiling over us tonight
where hearts are broken love unites
God is smiling, God is smiling over us tonight
So we must cross the great divide
Of colour, creed of wealth and pride
Break our hearts and save us all
So can we sing a brand new song?
Where former enemies belong
It's every heart now, every soul.

fevereiro 02, 2009

Conversão.

O que é conversão a Cristo?
Rev. Caio Fábio: -É não ter mais absolutamente mais nenhum outro ponto de vista que não venha do evangelho... É estar impregnado do evangelho, dando razão a Deus todo o dia...

'Crica' aqui...

sério mesmo... não deixem de ver!
até

ouvindo Dc talk

janeiro 28, 2009

Confissões!

Eu confesso:
Confesso que quero ter uma vida longa, saudável e, quero tudo isso ao lado da minha esposa.
Confesso que não me arrependo de ter casado.
Confesso que quero ser milionário, ter muito conforto e ajudar monetariamente muitas pessoas e projetos voltados à expansão do Reino de Deus.
Confesso que quando estou em consultórios médicos eu leio de verdade revistas como Quem e Caras.
Confesso que não odeio o Big Brother.
Confesso que gosto muito de rock, muito mesmo, mas também sou meio pop e gosto de baladas e outras coisas... não, eu não devo nada ao movimento punk, rock, hard core, ou qualquer outra coisa. Eles que servem a mim e não eu a eles!
Confesso que gosto de comédias românticas.
Confesso que gosto de dia de chuva, da noite e que acho a tarde muito chata.
Confesso que eu quero mudar o mundo!
Confesso que se você achar tudo isso besteira, não interessar a você, ou qualquer outra coisa, vai alterar minha noite de sono igual a minha preocupação em relação à novela das oito. Zero!
É isso... até.

Ouvindo Iron Maiden

janeiro 14, 2009

Provérbios, 15-3



Os olhos do SENHOR estão em todo lugar, contemplando os maus e os bons.

ouvindo Ronaldo Bezerra - Tu és santo

janeiro 06, 2009

Na volta de Pipa, uma interrogação!



Luluca e eu estivemos em Pipa esses dias... Pois é, um tempinho pra descansar e aproveitar o verão. Na volta, ouvimos um cd que nunca mais eu tinha ouvido: Revival in Belfast com Robin Mark. Um disco excelente em todos os aspectos, e nele, além da última canção que é o "carro chefe" (que também tem uma versã em português que eu acho muito feia), Days Of Elijah, tem uma faixa que fala um negócio que eu acho impressionante, impactante, reflexivo, e desafiador... a letra é assim:


When it's all been said and done

There is just one thing that matters

Did I do my best to live for truth

Did I live my life for You

When it's all been said and done

All my treasures will mean nothing

Only what I've done for love's Reward

Will stand the test of time

Lord Your mercy is so great

That You look beyond our Weakness

And find purest gold in miry clay

Making sinners into saints
I will always sing Your praise

Here on earth and ever after

For You've shown me Heaven's my

True home

When it's all been said and done

You're my life when life is gone

Lord I'll live my life for You

(Words and Music by Jim Cowan)

É isso ai mesmo... Quando tudo foi dito e feito, no fim das contas, no frigir dos ovos, no apito final, só tem uma coisa que importa...

pensemos nisso! Até...

ouvindo Revival in Belfast